Translate this Page
ENQUETE
VIAJOU COM PASSEIOS DA HORA COMO FOI?
BOM
ÓTIMO
REGULAR
NORMAL
Ver Resultados

Rating: 3.1/5 (20812 votos)




ONLINE
1







 


 

“Todas as atividades praticadas no meio não urbano, que consiste de atividades de lazer no meio rural em várias modalidades definidas com base na oferta: Turismo Rural, Turismo Ecológico ou Ecoturismo, Turismo de Aventura, Turismo de Negócios e Eventos, Turismo de Saúde, Turismo Cultural, Turismo Esportivo, atividades estas que se complementam ou não”.

 

TURISMO RURAL BRASILEIRO

TURISMO RURAL BRASILEIRO: SENSAÇÃO DE INTERIOR, CHEIRO DE TERRA, MAS, EMPREENDEDOR, PROFISSIONAL E ARTICULADO.

2014 TALENTOS DO BRASIL RURAL INSERE AS ATIVIDADES TURISTICAS RURAIS NO UNIVERSO DA COPA DE 2014.

A Organização Mundial do Turismo estima que o Turismo Rural, é um segmento turísticos com grande potencial e se calcula que pelo menos 3% de todos os turistas do mundo orientam suas viagens para o  turismo rural. E a mesma fonte indica que o turismo rural apresenta um crescimento anual de aproximadamente 6%, o que denota uma nova tendência global, onde o turista não mais deseja ser um mero expectador de sua viagem, mas sim, o protagonista, que efetivamente vivencia a cultura e a experiência nos novos destinos visitados. Também prevê que o número de produtos que se oferecem aos turistas rurais aumentará notadamente nos próximos cinco a dez

Mas, o que podemos considerar como Turismo Rural ?  Sem dúvida, aquele turismo com cheiro de terra que utiliza como elemento vital os recursos culturais do território rural, que leva a viagens ao universo ambiental, artístico, histórico e vivencial, como a roda de viola ou as cavalhadas  e que também permite a integração com o cotidiano da roça, e a lida do campo. E com princípios fundamentais que regem o segmento, sendo a valorização territorial, a preservação das raízes rurais, a autenticidade do produto, a harmonia e sustentabilidade ambiental e a identidade e o envolvimento da comunidade local

De maneira geral, desde os anos 50, as atividades turísticas rurais são consideradas estratégias de desenvolvimento local em muitos países ao norte e centro da Europa; a partir dos anos 70, nos países do sul da Europa e Estados Unidos; na década de 80 na América Latina e dos anos 90 até hoje em alguns países do continente africano, na Oceania e no Japão.  Hoje, em pleno século XXI, na era das mudanças, o fenômeno turístico rural apresenta-se diretamente relacionado ao reconhecimento de novas realidades sociais e ambientais, com a utilização de diferentes espaços naturais e rurais.

As atividades turísticas no espaço rural brasileiro começaram a se desenvolver há aproximadamente 20 anos, e, ainda, confundem-se em seus múltiplos conceitos e verdades. E têm-se notícia, no município de Lages, Santa Catarina, do surgimento dos primeiros empreendimentos empresariais turísticos. Graças a esse movimento pioneiro, o município foi batizado de Capital Nacional do Turismo Rural, sendo lá, também, criada a Associação Brasileira de Turismo Rural – ABRATURR, associação representativa do segmento em âmbito nacional e uma das entidades membro do Conselho Nacional de Turismo do Ministério do Turismo.     Logo após, no Estado de São Paulo, na região de Mococa, nos fins dos anos 80, surgiu um movimento pioneiro que formatou a primeira rota rural nacional, reunindo algumas das mais tradicionais propriedades rurais que ofertava cavalgadas, hospedagem, dia no campo e gastronomia típica. No começo da década de 90, no espaço rural mineiro e posteriormente, às atividades turísticas rurais foram reconhecidas em todo o país e passaram a ser praticadas em outros Estados como Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, propagando-se rapidamente pelo restante do país.

Atualmente a realidade do negócio Turismo Rural no Brasil nos aponta que este segmento funciona como um dínamo na regionalização do turismo uma vez que alem de valorizar os valores rurais, diversifica a economia regional, pelo estabelecimento de micro e pequenos negócios; diversifica a  oferta turística;gera novas oportunidades de trabalho e agrega valor ao produto primário por meio da verticalização da produção.

Percebe-se também a eficiência com que o Turismo Rural Brasileiro vem alcançando contribuindo para o alargamento das fronteiras turísticas e a conseqüente interligação com os segmentos já existente, surgindo como elemento de ação e destes novos caminhos, rotas e atrativos trabalhados atualmente no país.

Diante de um universo de mais de dez mil empreendimentos que oferecem Turismo Rural hoje no Brasil, em pelo menos 16 dos Estados da Federação, é preciso que se estimule este segmento através de mecanismos eficazes de desenvolvimento, promoção e comercialização desses produtos turísticos.

Nosso desafio para o ordenamento do segmento é colossal, mas colossal também é nossa disposição para seguir avante com as mudanças e melhorias desse importante segmento do Turismo Brasileiro.

 

 Fonte BRASILTURIS

 

 

FESTA